Todas as Categorias


Páginas

Vantagens e desvantagens dos relatos de futebol

O título deste artigo poderia ser “Memórias da rádio”. No entanto, o relato de futebol não é apenas uma memória; continua a ser um elemento da festa do futebol. Muitas vezes, um relato de é mesmo um espetáculo por detrás do espetáculo. É a festa do futebol falado, transcrito em palavras emocionadas e empolgadas. 

Num tempo em que as transmissões televisivas atingem audiências nunca antes sonhadas e ao mesmo tempo que a crise de espetadores se faz sentir nos estádios, o relato radiofónico continua a ser um meio mediático acessível a qualquer adepto, mesmo que acompanhe simultaneamente o jogo no estádio ou até no sofá, com o recetor de televisão com o som desativado. 

Pretendemos neste artigo avaliar as vantagens que este meio de transmissão ainda oferece, bem como as suas principais desvantagens em relação à transmissão televisiva ou ao acompanhamento in loco. 

Vantagens dos relatos de futebol 

  • O relato radiofónico transmite mais emoção ao espetáculo. Os profissionais modernos especializaram-se num tipo de narração entusiasmada e entusiasmante, fazendo com que o relato acrescente ainda mais emoção às jogadas. Podemos afirmar que o relato acrescenta alegria ao futebol. 
  • Quem segue o desafio pela rádio tem o benefício de usufruir de uma opinião avalizada sobre o decorrer do jogo. O jornalista narrador, com a experiência que possui, pode avaliar de forma mais correta a validade de cada lance, a qualidade do espetáculo e o rendimento dos atletas e isso é uma mais-valia para quem gosta de fazer apostas em directo por exemplo. 
  • O relato acrescenta elementos que ajudam a compreender o jogo: tratando-se de um profissional competente, o narrador fornece ao ouvinte informações sobre os jogadores, a equipa, os treinadores, árbitros, etc. que ajudam a interpretar os acontecimentos de que se compõe o jogo. 
  • O relato contextualiza o desafio; normalmente um relato radiofónico fornece informações sobre o historial das equipas, antecedentes nos confrontos dos clubes em jogo, objetivos a atingir ou informações estatísticas que permitem avaliar melhor a importância do jogo e da evolução do resultado. 
  • O relato radiofónico permite acompanhar os jogos que se desenrolam em simultâneo noutros estádios. No tempo em que todos os jogos se disputavam ao mesmo tempo, regra geral ao domingo à tarde, a variedade de desafios relatados em simultâneo constituíam um espetáculo acrescido.  

Desvantagens dos relatos de futebol 

  • Um relato na rádio não deixa de ser uma espécie de “visão em segunda mão”: para o ouvinte resta sempre aquela dificuldade de saber se o relato corresponde à realidade. Por maior que seja a competência do narrador, ficam sempre dúvidas sobre a fidelidade da narração. 
  • Num relato há sempre a imposição de uma interpretação, por mais objetivo que o relatador queira ser. A subjetividade é sempre inevitável; é impossível obter uma objetividade total e uma narração em que a opinião ou a avaliação pessoal fiquem totalmente fora do trabalho jornalístico. 
  • O relato potencia a emoção, podendo aumentar o stress do adepto. Se, por um lado, o acréscimo de emoção é positivo, esse fenómeno tem um reverso da medalha: ele pode aumentar desnecessariamente a ansiedade do adepto durante o jogo. 
  • O relatador, como qualquer outro jornalista está sujeito a deixar-se influenciar por sentimentos clubistas. Por outro lado, um clube de maior dimensão, que propicia mais audiência à estação de rádio, pode funcionar como um fator de pressão sobre a objetividade do jornalista. 
  • Um dos problemas da rádio é constituído pelas inevitáveis mas frequentes interrupções para publicidade, que impedem um acompanhamento total e continuado do espetáculo. 

Independentemente do peso das desvantagens, podemos dizer que o relato acrescenta ao futebol aquela nostalgia quase romântica dos tempos do futebol ao domingo à tarde, para além de ser um imbatível veículo de transmissão de informação nos tempos que correm.




Sobre o Autor

Amadeu Calha

O título deste artigo poderia ser “Memórias da rádio”. No entanto, o relato de futebol não é apenas uma memória; continua a ser um elemento da festa do futebol. Muitas vezes, um relato de é mesmo um espetáculo por detrás do espetáculo. É a festa do futebol falado, transcrito em palavras emocionadas e empolgadas. 


Comentarios


Seja o primeiro a comentar:

Sua Resposta



Mais Vistos - Todas as Categorias